Cloud computing: definição, vantagens e produtos

O que é o cloud computing?

 

O cloud computing é a prática cada vez mais comum de fornecer serviços cloud a pedido como infraestruturas e recursos IT. Nos últimos 20 anos, a prática evoluiu consideravelmente, de tal forma que as soluções de infraestruturas cloud já representam mais de um terço das despesas anuais em serviços informáticos a nível mundial. Os sistemas de Public Cloud, Private Cloud e cloud híbrida transformaram a forma como as organizações do mundo inteiro, desde startups inovadoras até empresas mundiais, pensam sobre as suas infraestruturas informáticas.

Definição do cloud computing

De forma simples, o cloud computing é a prática que consiste em fornecer serviços informáticos à distância, alojando-os num ou vários datacenters externos e não em servidores dedicados no local. Em vez de comprar e implementar internamente os recursos digitais de que precisam, as organizações podem aceder-lhes remotamente através de um fornecedor cloud numa base pay-as-you-go.

Porque é que são tantas as grandes organizações que utilizam a cloud para os seus recursos informáticos críticos?

Vantagens do cloud computing

Flexibilidade e agilidade

Com o cloud computing, é possível para si (e para os seus funcionários) aceder a ficheiros através da Internet graças a dispositivos online, como computadores ou smartphones. Além disso, isto também facilita

a organização de dados, pois os ficheiros podem ser armazenados, partilhados e organizados numa rede cloud.

Os serviços cloud são alugados, muitas vezes numa base pay-as-you-go, para poder responder às exigências da sua empresa, permitindo-lhe desistir de certos recursos e adquirir novos sem grandes investimentos nem alocação excessiva. Este sistema permite assegurar a continuidade das atividades a um custo mínimo.

Velocidade de implementação

A transição para a cloud é cada vez mais curta. O caminho, do conceito à produção, nunca foi tão rápido e fácil para os utilizadores da cloud. Graças à possibilidade de implementar novos recursos em apenas alguns cliques, pode fazer evoluir as suas soluções cloud de forma simples. Uma melhor escalabilidade permite às empresas expandir a sua infraestrutura, enfrentar picos de tráfego, implementar e eliminar ambientes de tipo sandbox e reduzir o prazo geral de comercialização.

Controlo de custos

À medida que as organizações crescem, o custo permanente das suas operações e das suas infraestruturas informáticas deve ser tido em conta no que diz respeito a exigências atuais e futuras. As economias realizadas ao nível da escalabilidade com a cloud são difíceis de igualar, uma vez que não é necessário antecipar as cargas de trabalho nem investir em recursos que só podem ser requeridos ocasionalmente. Com fornecedores de serviços cloud, só paga aquilo que utiliza e apenas quando precisa, quer seja a tecnologia que alimenta os seus produtos e soluções, a infraestrutura informática na qual a sua organização se baseia todos os dias ou o armazenamento a longo prazo das suas bases de dados sensíveis.

Escalabilidade

Uma transformação digital para a cloud oferece uma agilidade imbatível em matéria de escalabilidade. Uma vez que o hardware das suas soluções é totalmente gerido externamente, é possível adicionar ou eliminar novos recursos à distância, por vezes através de um simples clique. Assim, as empresas têm mais liberdade para se concentrarem na forma como utilizam as arquiteturas em vez do processo de implementação.

Segurança robusta

Durante demasiado tempo, a segurança foi uma séria preocupação para muitas organizações que ficaram relutantes com a migração, parcial ou total, para a cloud. No entanto, para responder diretamente a essas preocupações, o cloud computing evoluiu consideravelmente ao longo dos anos, oferecendo uma gama de soluções cloud seguras: por exemplo, a exploração de ligações privadas seguras entre a sua infraestrutura no local e os datacenters externos que são agora facilmente acessíveis, uma proteção anti-DDoS sofisticada e backups automatizados.

Liberdade de localização

É importante ter em conta a localização dos dados no momento da conceção de qualquer infraestrutura, não só para melhorar o desempenho dos sites e das aplicações, como também para obter certificações e cumprir as exigências de conformidade (nomeadamente no que diz respeito a regulamentações como Cloud Act e o RGPD). O alojamento seguro de recursos em datacenters externos significa que estes podem ficar situados mais perto das suas equipas e dos seus utilizadores finais, de forma a reduzir o stress ligado ao cumprimento de conformidades.

Os diferentes tipos de cloud computing

O conceito de cloud computing é bastante simples, mas a passagem para a cloud pode implicar várias abordagens, desde o relativamente simples ao muito sofisticado. Estas são as três abordagens mais comuns de migração para a cloud:

Infrastructure-as-a-Service (IaaS)

Ao automatizar os elementos que constituem uma infraestrutura de classe mundial, as organizações a todos os níveis maximizam o controlo dos seus custos, beneficiando de uma maior escalabilidade e agilidade. Sem a necessidade de implementar, gerir e manter as infraestruturas no local, as organizações aumentam a sua liberdade de inovação. Com o IaaS, as empresas alugam uma infraestrutura informática (para a potência de cálculo, o armazenamento ou ainda a rede) a um fornecedor de serviços cloud, mas continuam a monitorizar a gestão das suas aplicações críticas, assim como os seus sistemas de segurança, as suas bases de dados e os seus sistemas operativos.

Platform-as-a-Service (PaaS)

Com o PaaS, as equipas podem gerir e construir, testar e implementar as suas próprias aplicações numa plataforma cloud concebida para beneficiar o utilizador. As infraestruturas informáticas subjacentes, como o hardware e middleware, são geridas por um fornecedor cloud de confiança. Sem a necessidade de tratar da manutenção da infraestrutura, as equipas informáticas internas podem concentrar-se nas necessidades da empresa em matéria de dados e de aplicações, o que lhes permite dedicar-se ao crescimento prolongado da empresa.

Software-as-a-Service (SaaS)

Com o modelo SaaS, as plataformas de software são alojadas externamente na cloud. Os utilizadores podem aceder ao software através da Internet mediante uma subscrição. Assim, as organizações ficam livres da necessidade de comprar, instalar e atualizar as principais plataformas de software, garantindo que as suas ferramentas chave ficam acessíveis às equipas de todo o mundo. Com o SaaS, o utilizador só precisa de se preocupar com a gestão dos seus próprios dados numa aplicação, o software é gerido na cloud por um fornecedor externo.

Como funciona o cloud computing?

Para os três casos de uso acima, existem várias estratégias de implementação diferentes, cada uma com vantagens específicas ao ambiente cloud...

Hosted Private Cloud

A flexibilidade da cloud combinada com a potência bruta de recursos dedicados. Isto permite às empresas implementarem um datacenter virtual muito eficiente ao mesmo tempo que um fornecedor cloud trata do hardware. Desta forma, beneficiam da potência e da autonomia de uma solução dedicada totalmente gerida sem que seja necessário gerir ou manter o hardware: uma base perfeita para as equipas informáticas que procuram maximizar a sua utilidade.

Public Cloud

Recursos cloud a pedido que oferecem tudo o que precisa para passar do teste à implementação em grande escala, com uma excelente relação preço/desempenho e várias oportunidades

de escalabilidade. A abordagem Public Cloud permite modernizar as organizações a todos os níveis, desde startups que procuram lançar as suas soluções o mais rápido possível até organizações mundiais que requerem recursos a pedido para projetos e aplicações específicos.

Hybrid Cloud

O “melhor dos dois mundos”, esta solução cloud associa bare metal e cloud computing que são inteligentemente convergidos e integrados para maximizar as suas vantagens. Por exemplo, um utilizador da cloud pode contar com uma frota de servidores dedicados para alimentar sites e aplicações, utilizando a cloud para automatizar e racionalizar o armazenamento de dados. As possibilidades são infinitas.

A OVHcloud oferece uma gama de soluções de cloud computing através dos nossos diferentes universos de produtos que abrangem as três abordagens e permitindo-lhe construir a sua infraestrutura virtual em função da sua organização, do seu orçamento e dos seus objetivos comerciais a longo prazo. Descubra já as diferentes opções de adoção da cloud e não hesite em contactar a nossa equipa comercial, que terá todo o gosto em discutir as suas exigências em detalhe e aconselhá-lo sobre as soluções cloud mais adaptadas.