public cloud iops

Servidores cloud adaptados para um alto nível de rendimento transacional

As instâncias IOPS oferecem as transações em disco mais rápidas da gama Public Cloud e um acesso direto às placas NVMe, que permitem cada uma um mínimo de 400 000 operações de leitura/escrita por segundo. Tal como as restantes instâncias, combinam as vantagens dos recursos a pedido e da faturação à hora. Estas soluções cloud foram concebidas para alojar servidores de bases de dados (BDD) ou aplicações de big data.

NVMe para a largura de banda

À semelhança dos discos SSD tradicionais, os NVMe (“Non-Volatile Memory Express”) baseiam-se em células de memória flash NAND para armazenar os dados. Graças à sua conetividade PCI Express, utilizada até agora por outros periféricos como as placas gráficas, permitem evitar os pontos de estrangulamento típicos da ligação SATA.

PCI Passthrough

As instâncias IOPS dispõem de um acesso dedicado ao material graças à funcionalidade PCI Passthrough, que oferece toda a potência da placa NVMe diretamente através do bus PCI. Não existe nenhuma camada de virtualização para aceder à placa e beneficia de 100% do rendimento disponível.

Determinadas funcionalidades das instâncias virtuais são limitadas, como o “snapshotting” ou a migração em direto. Além disso, é necessário dar especial atenção aos dados das placas NVMe no que diz respeito ao backup.

1 a 4 discos para as IOPS

A OVHcloud oferece-lhe instâncias com 1 a 4 placas NVMe, cada uma com 1,9 TB de armazenamento e, pelo menos, 400 000 IOPS. Estas configurações são úteis quando necessita de um grande volume de dados associado a um desempenho inigualável. A relação IOPS/preço obtida está nas melhores do mercado, muito à frente das outras soluções existentes.

Icons/concept/Page/Page Certificate Created with Sketch.

Certificações ISO/IEC 27001, 27701 e conformidade para o alojamento de dados de saúde

As nossas infraestruturas e serviços cloud têm a certificação ISO/IEC 27001, 27017, 27018 e 27701. Estas certificações asseguram a existência de um sistema de gestão da segurança da informação (WSIS) para a gestão dos riscos, das vulnerabilidades e da continuidade da atividade, bem como de um sistema de gestão da informação sobre a privacidade (PIMS). A nossa conformidade permite-lhe alojar dados de saúde com toda a segurança.

* Disponível em breve

Caso de uso

Base de dados NoSQL - MongoDB

MongoDB é um sistema de gestão de bases de dados orientado para documentos, muitas vezes utilizado em grandes infraestruturas. Permite gerir grandes quantidades de informações e requer uma grande potência de acesso em disco. Pode ser utilizado em cluster e implementado em várias instâncias i1.

Big data - Hadoop

Hadoop é uma framework para big data distribuída e resiliente, capaz de processar quantidades de dados de vários petabytes. O seu sistema de ficheiros HDFS é escalável e pode ser distribuído por vários nós i1, de forma a oferecer o melhor rendimento possível em operações de MapReduce.

Motor de busca - Elasticsearch

Durante a fase de indexação, Elasticsearch exige um tempo de resposta muito curto nas operações de leitura/escrita. Do mesmo modo, cada pesquisa deve fornecer uma resposta num prazo curto. Assim, as instâncias i1 oferecem a Elasticsearch toda a reatividade necessária para um dos serviços de pesquisa mais utilizados.

“A diferença constatada é mesmo impressionante: os servidores da OVHcloud são praticamente duas vezes mais eficientes que os melhores servidores do mercado, e a um preço acessível.”

CloudSpectator (ver artigo do blogue)

Número de IOPS por dólar

IOPS per dollars

CloudSpectator é um interveniente de referência no mundo do cloud computing, com uma experiência reconhecida em matéria de medida do desempenho. O seu relatório é claro: a relação desempenho/preço coloca a OVHcloud muito à frente dos principais intervenientes da indústria, como AWS, Azure ou mesmo Oracle, que propunha até agora uma das melhores ofertas do setor.

Estes resultados são nomeadamente possíveis graças às placas NVMe integradas pela OVHcloud. Cada uma dela fornece 400 000 operações de leitura/escrita por segundo, mantendo uma latência excecionalmente baixa, inferior a 1 ms, e oferecendo uma largura de banda importante de cerca de 9 Gbps.

Como fazer

1

Iniciar

Execute a sua instância selecionando o modelo e o sistema operativo mais adequado para si.

2

Configurar

Pode aceder diretamente às placas NVMe como blocos de periférico. Poderá utilizá-las através de ferramentas como o gestor de volume ou diretamente a partir do gestor da base de dados.

3

Utilizar

A sua instância está pronta para oferecer um alto nível de rendimento transacional.

Pronto para começar?

Crie uma conta e lance os seus serviços imediatamente

Funcionalidades

Acesso em armazenamento block clássico

Uma vez que as placas NVMe são apresentadas através de PCI Passthrough, estas aparecem como periféricos de armazenamento block clássicos e podem ser exploradas através das suas ferramentas de gestão de periféricos habituais.

Recursos garantidos

O desempenho é garantido para cada placa NVMe e estes recursos nunca poderão ser consumidos por uma instância vizinha. Para o utilizador, é a garantia de uma aplicação estável e de um acesso aos dados fluido.

Configuração RAID em função das suas necessidades

Pode aceder diretamente às placas NVMe em modo bloco. Desta forma, pode montar um RAID em software para, por exemplo, multiplicar ainda mais os desempenhos (RAID 0) ou assegurar uma redundância (RAID 1).

Tarifas Public Cloud

Faturação do IOPS

As instâncias IOPS são faturadas da mesma forma que as outras instâncias: paga o que utiliza no final de cada mês. O preço depende do tamanho da instância utilizada e da duração de utilização.

A instância de bases de dados relacionais

As nossas instâncias são ideais para criar bases de dados relacionais que requerem bons desempenhos. De facto, estas instâncias devem poder suportar a leitura e a escritura massivas de informações num curto espaço de tempo. A memória RAM e o processador estão submetidos a uma elevada carga, e isto requer uma grande capacidade de armazenamento para alojar os dados. Assim, no momento de escolher uma instância que seja adaptada à sua utilização, deverá ter em conta todos os aspetos relacionados com o tamanho, o desempenho, a compatibilidade, a plataforma, etc.

As respostas às suas dúvidas

Qual é o SLA garantido pela OVHcloud numa instância IOPS?

O SLA é de 99,9% de disponibilidade mensal nas instâncias IOPS. Para obter mais informações, consulte as condições gerais de venda.

Qual é o hipervisor utilizado para a virtualização das instâncias?

Tal como as outras instâncias, as instâncias GPU são virtualizadas pelo hipervisor KVM do kernel Linux.

O que é o PCI Passthrough?

As placas com processadores gráficos são servidas através do bus PCI do servidor físico. O PCI Passthrough é uma funcionalidade do hypervisor que permite dedicar um hardware a uma máquina virtual ao dar diretamente acesso ao bus PCI, sem passar pela virtualização.

É possível redimensionar uma instância IOPS?

O redimensionamento não é possível para este tipo de instância.

O RAID é configurado automaticamente para as placas NVMe?

As placas NVMe são entregues sem configurações particulares. Pode utilizar os softwares à sua escolha para criar a configuração que lhe interessa, através do sistema com mdadm por exemplo, ou diretamente com a sua base de dados quando esta possibilidade é suportada.

Posso efetuar o backup de uma instância IOPS?

É possível efetuar o backup do disco de sistema de uma instância IOPS. Contudo, os dados dos discos NVMe não serão guardados. Por isso, deverá ter em conta a necessidade de um software.

É possível migrar uma instância IOPS?

As instâncias IOPS estão ligadas aos dados presentes nos discos NVMe. Assim, não é possível mover uma instância de um hipervisor para outro.

As instâncias IOPS beneficiam de uma proteção anti-DDoS?

Sim, a nossa proteção anti-DDoS está incluída em todas as soluções da OVHcloud, sem custos adicionais.

É possível migrar uma instância atualmente faturada mensalmente para uma faturação à hora, a meio do mês?

Se estiver implementada uma faturação mensal, não é possível mudar para uma faturação à hora a meio do mês. Antes de iniciar a instância, selecione cuidadosamente o método de faturação mais adaptado ao seu projeto.