Expanda a sua rede para os datacenters da OVHcloud

Expanda a sua rede para os datacenters da OVHcloud

A nossa solução de ligação híbrida OVHcloud Connect permite-lhe ligar a sua rede de empresa à sua rede privada vRack da OVHcloud, de forma segura e eficiente.

Passando pelas nossas infraestruturas através da nossa oferta Direct, poderá usufruir de uma interligação dedicada com uma largura de banda de 1 Gbps ou 10 Gbps.

Poderá também escolher a nossa oferta Provider, com um dos nossos parceiros (Equinix, Megaport e outros disponíveis em breve), e usufruir de uma largura de banda de 200 Mbps a 5 Gbps, assim como de uma cobertura mundial ainda mais importante.

Icons/concept/Cloud/Cloud Hybrid Created with Sketch.
Hibridação e multicloud

Uma interligação entre a sua rede e as infraestruturas da OVHcloud, compatível com todas as nossas soluções cloud. Poderá usufruir de uma velocidade garantida de 200 Mbps a 10 Gbps e reduzir igualmente a latência em relação à rede pública (Internet).

Segurança

Uma segurança acrescida, que lhe permite evitar as interrupções de serviço e assegurar a disponibilidade dos seus dados e aplicações. As suas informações mais críticas estarão sempre seguras e acessíveis, mesmo em caso de incidente grave (falha de hardware, software ou elétrica) ou de ciberataque.

Icons/concept/Counter Created with Sketch.
Simples e rápido

Uma implementação automatizada, fácil de utilizar e ainda mais rápida, nomeadamente com os nossos parceiros. Melhore a qualidade dos seus serviços configurando a sua solução de hibridação diretamente a partir da Área de Cliente.

OVHcloud Connect Provider

A partir de 299,00 € + IVA/mês ou seja 367,77 € IVA incl./mês Encomendar agora

Uma ou várias ligações de 200 Mbps a 5 Gbps, para encomendar junto dos nossos parceiros e na OVHcloud.

OVHcloud Connect Direct

A partir de 649,00 € + IVA/mês ou seja 798,27 € IVA incl./mês Encomendar agora

Uma ou várias ligações dedicadas de 1 Gbps ou 10 Gbps entre os seus equipamentos de rede e o nosso backbone, num ponto de presença (PoP) comum.

Saiba mais sobre o OVHcloud Connect

Map

Uma cobertura mundial graças aos nossos pontos de presença e aos dos nossos parceiros

Estamos mais perto dos seus datacenters. Interligue a sua rede às infraestruturas da OVHcloud através dos nossos pontos de presença mundiais ou dos nossos parceiros.

vlan

Interligação de nível 2 ou 3

Uma interligação de nível 2 permite ligar a rede campus do seu datacenter com a sua rede privada vRack da OVHcloud de forma simplificada.

Com uma interligação de nível 3, poderá ligar a rede WAN da sua empresa com a sua rede privada vRack da OVHcloud, para que esta última seja considerada como um ou vários sítios da sua rede de empresa. Este cenário é o único disponível para a nossa oferta Provider.

Redundância geográfica e SLA

Redundância geográfica e SLA

As redes de nível 3 requerem o estabelecimento de uma ou várias sessões BGP (Border Gateway Protocol) externas privadas entre a sua empresa e a OVHcloud.

A redundância é fortemente recomendada com duas soluções OVHcloud Connect entre dois pontos de presença geograficamente diferentes, utilizando os mecanismos de redundância de BGP para os ambientes críticos.

Quer saber mais ou quer encomendar?
Um conselheiro da OVHcloud lembra-lhe gratuitamente
Os nossos parceiros

A vantagem do BGP

O BGP (Border Gateway Protocol) é um protocolo de roteamento inter-sistemas autónomo que substituiu o EGP (Exterior Gateway Protocol), um protocolo de troca de rotas. Permite gerir as trocas de informações entre sistemas autónomos utilizados para o OVHcloud Connect. Em comparação com os protocolos de roteamento internos (RIP ou IGRP, por exemplo), o BGP não tem em conta a distância entre um router e um destino, mas sim um conjunto de parâmetros mais precisos que podem ser definidos. A sua principal vantagem reside na capacidade de tratar um grande número de rotas que podem ser selecionadas de acordo com uma política própria. Por exemplo, pode optar-se por limitar o número de sistemas autónomos ligados, recusar o trânsito ou privilegiar determinados sistemas em detrimento de outros. Por conseguinte, este protocolo oferece aos sistemas autónomos uma proteção contra os loops e permite, numa escala inferior, gerir a carga de tráfego em função do anúncio de rede.