Extensão e migração de datacenters

Datacenter extension

Estenda ou migre facilmente o seu datacenter para a cloud

Se costuma experienciar picos de carga inesperados ou necessidades de cálculo superiores à capacidade de que dispõe localmente, precisa de implantar novos recursos rápida e eficazmente. Ou então pode desejar migrar as suas cargas de trabalho locais para a cloud e desafetar os seus datacenters físicos. Talvez queira alojar uma nova aplicação ou diversificar a sua lista de fornecedores de cloud. Seja qual for a sua situação específica, a OVHcloud oferece uma vasta gama de soluções de migração e extensão para melhor responder às suas necessidades particulares.

Modernização

Como as organizações são obrigadas a atualizar o hardware e o software do seu ambiente físico, uma transição progressiva para a nossa cloud pode eliminar o risco de obsolescência- Assim, os nossos clientes beneficiam de hardware e software geridos, enquanto mantêm controlo total sobre a sua infraestrutura e dados.

Otimização de custos

Pode optar por uma faturação mensal, o que lhe permite passar de CapEx para OpEx para o site de replicação. Assim, poderá implementar um plano de recuperação de desastres perfeitamente coerente com a estratégia RPO/RTO, com base em custos claros e objetivos de negócio.

Agilidade

Graças a automação e conectividade avançadas, pode passar as suas cargas de trabalho para a nossa cloud em apenas alguns cliques, através da virtualização VMware e de servidores dedicados de ponta, em função das suas necessidades.

A forma mais fácil de transferir o seu datacenter para a cloud

Use os investimentos que já fez em virtualização e gira-os na cloud.
Redimensione a sua infraestrutura facilmente e com melhor controlo.
Poupe tempo e dinheiro ao concentrar-se no que é verdadeiramente essencial.
Beneficie de uma infraestrutura cloud segura e resiliente, acessível em todo o mundo.

Como funciona

Step 1 OVHcloud

Conecte os seus datacenters aos datacenters da OVHcloud

Graças aos nossos múltiplos Pontos de Presença (PoP) e à conetividade de rede dedicada, pode conectar-se facilmente à infraestrutura global da OVHcloud, nomeadamente aos nossos datacenters. A rede privada de fibra ótica existente entre os nossos datacenters possibilita o acesso a todos os recursos de que precisa, tanto com virtualização VMware quanto com servidores bare-metal dedicados. Os dados são transferidos por meio de uma ligação privada direta, ou VPN, o que significa que todas as transmissões se encontram protegidas.

Step 2 OVHcloud

Recursos OVHcloud a pedido

Os nossos recursos estão disponíveis a pedido, seja para transferir a sua infraestrutura local para a cloud, para responder ao excesso de atividade nos seus datacenters, para alojar uma nova aplicação baseada em cloud ou para migrar as suas máquinas virtuais para os datacenters OVHcloud com o mínimo de interrupção de serviço. Pode transferir a totalidade ou apenas parte do seu negócio (isto é, dados, servidores) para a OVHcloud sem ter de modificar a tecnologia ou a arquitetura que já conhece e nas quais confia, ao mesmo tempo que mantém as versões mais recentes das soluções e licenças (VMware, VSphere) que usa internamente.

Step 3 OVHcloud

Estenda ou migre a sua infraestrutura local consoante as necessidades

Reduza o tempo dedicado à manutenção, à atualização e à evolução da sua solução local. Adicionar um servidor à sua infraestrutura virtual já não leva metade de um dia, mas apenas 30 minutos! Pode facilmente incorporar na sua infraestrutura servidores dedicados de elevado desempenho, equipados com a tecnologia mais recente. Os seus custos internos passam de CapEx para OpEx, o que significa que deixará de ter de adquirir licenças para rede e hardware: passa a alugá-las e a redimensioná-las consoante as necessidades.

Os nossos parceiros

Funcionalidades essenciais

Padronização

As suas aplicações virtuais VMware podem ser facilmente migradas ou estendidas para a cloud sem qualquer alteração, uma vez que disponibilizamos uma total compatibilidade padronizada com base em tecnologia SDDC. Além disso, as suas equipas podem fazer uma transição sem problemas, passando de uma gestão local para a cloud, e usando as ferramentas e metodologias que já conhecem.

Flexibilidade e hibridização imediata

Administre um vasto leque de tipos de migração de máquinas virtuais (MV), da migração em massa à migração parcial. Evite readaptar o seu ambiente local para acelerar a integração com a cloud, graças a uma WAN personalizável e integrada que se adequa aos seus objetivos para uma cloud híbrida.

Segurança

Faça da cloud uma extensão do seu datacenter local. Em apenas alguns cliques, pode criar e desconstruir túneis completamente automatizados para os seus dados. Migre sem dificuldade as suas MV para a cloud, mantenha-as no mesmo segmento de rede protegida L2 e limite-se a administrar as políticas de segurança.

Produção imediata

Migre cargas de trabalho ativas sem qualquer falha de serviço. Com o Hybrid Cloud Extension (HCX), também pode usar migrações com base em replicação para migrar em massa as suas MV, minimizando a interrupção de serviço.

Villeroy & Boch

Villeroy & Boch

«A digitalização e a internacionalização são as principais tendências que a Villeroy & Boch deve seguir. Cada vez mais pessoas efetuam compras online e utilizam o seu smartphone para procurar as lojas mais próximas.

Para nós, é crucial digitalizar todo o [ambiente] — de modo a desenvolver sistematicamente os sistemas centrais com dados, produtos, inventários e encomendas relevantes... e para estabelecer novos canais de vendas sem negligenciar os já existentes.»

Pascal Rheinert, Responsável TIC, Internet e E-commerce da Villeroy & Boch
Precisa de ajuda ou de informações?
Um conselheiro OVHcloud está à sua disposição e irá contactá-lo em breve, gratuitamente.

O que é a migração ou a extensão de datacenters?

A migração de um datacenter consiste em migrar toda uma infraestrutura local já existente para a cloud, alojando-a num datacenter externo e desafetando a infraestrutura física. Este tipo de mudança em larga escala para a cloud é uma forma altamente eficaz de evitar a obsolescência do hardware numa infraestrutura. Além disso, liberta as equipas internas da tarefa de monitorizar o hardware físico local, permitindo-lhes concentrar-se no desenvolvimento da infraestrutura e do negócio como um todo. De resto, propicia-se a liberdade de adicionar, suprimir e redimensionar recursos que a cloud oferece, o que significa que o cliente tem a capacidade de criar e implantar a infraestrutura como melhor lhe convém, tal como faria com servidores físicos locais.

A extensão de um datacenter, por outro lado, envolve a permanência de elementos específicos de uma infraestrutura local, enquanto outros são migrados para a cloud ou se criam nela elementos completamente novos. Em qualquer um dos casos, a tarefa é levada a cabo por meio de conexões seguras e privadas entre a infraestrutura local e as soluções cloud. Há uma vasta gama de usos potenciais para tais arquiteturas. Por exemplo, o cliente pode manter a infraestrutura local para alojar websites e aplicações, enquanto beneficia da escalabilidade da cloud para as suas necessidades de armazenamento. Ou então pode recorrer à cloud pontualmente, projeto a projeto, para acomodar picos de tráfego previstos, implantando novos servidores virtuais conforme forem sendo precisos.

Como uma migração ou extensão de datacenter pode beneficiar a sua empresa?

Os benefícios potenciais da migração ou da extensão de um datacenter dependem dos objetivos a longo prazo da empresa e das soluções específicas pelas quais o nosso cliente opta. Por isso, é importante que os objetivos de curto e longo prazo estejam claros na mente do cliente, antes de investir tempo e dinheiro em qualquer solução estratégica que envolva o seu datacenter.

Por exemplo, pode criar a sua infraestrutura para assegurar uma redundância máxima, de modo que a disponibilidade nunca seja afetada em caso de falhas no hardware ou no software. Ou então pode querer minimizar o custo de armazenamento de dados acumulados, sem que com isso comprometa a segurança. Nesse sentido, é essencial dar início ao processo com uma avaliação global no âmbito da migração do datacenter, a fim de clarificar os seus objetivos, a infraestrutura já existente e o nível atual de competências técnicas internas. Esta avaliação vai determinar que combinação de soluções será mais eficiente, a qual pode então ser usada como base para um plano eficaz de migração.

A seguir, recomenda-se fortemente uma checklist de migração, de forma a assegurar que os dados ficam protegidos em cada etapa do processo, mas também para evitar ao máximo os períodos de interrupção do serviço. Assim, as suas equipas poderão começar imediatamente a usar a nova estrutura, evitando muitos dos problemas mais comuns associados à migração de datacenters.